O que é o Capital de Graças?

No altar do Santuário de Schoenstatt lemos muitas vezes a frase: “Nada sem ti - nada sem nós!” Ou seja, Nossa Senhora convida-nos a colaborar com Ela na sua atuação de graças a partir do Santuário. É um sinal concreto do nosso amor, oferecermos sacrifícios e alegrias a Deus, pelas mãos da Mãe e Rainha. Podemos mesmo escrever num papel o que queremos oferecer e deixar na talha no Santuário, ou fazer uma oferta espiritual.

Estas entregas, unidas ao grande sacrifício de Jesus por nós na Cruz, revertem em graças que jorram do Santuário e que Maria distribui para quem mais necessita. É um conceito que existe desde a fundação de Schoenstatt em 1914: os jovens aperceberam-se de que “não deviam desperdiçar nada. Até o menor trabalho, a oração mais simples, o sacrifício por mais pequeno que fosse, passando pelas mãos de Nossa Senhora, revertiam em graças. Entre eles começou uma santa competição. Não que fizessem coisas excecionais. [...] A diferença é que faziam tudo com mais vontade.”